22 de maio de 2016

Título: A Garota no Trem
Autora: Paula Hawkins
Páginas: 378
Editora: Record
Gênero: Thriller

Sinopse

Um thriller psicológico que vai mudar para sempre a maneira como você observa a vida das pessoas ao seu redor.
Todas as manhãs Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas d’água, pontes e aconchegantes casas.
Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes – a quem chama de Jess e Jason -, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess – na verdade Megan – está desaparecida.
Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos.
Uma narrativa extremamente inteligente e repleta de reviravoltas, A Garota no Trem é um thriller digno de Hitchcock a ser compulsivamente devorado.

Minhas Impressões

Esse livro é incrível. Achei super legal porque como envolve a vida de várias pessoas, várias pessoas contam a história. Quando se está lendo, é muito importante prestar atenção para não se confundir, já que várias pessoas estão contando.
O tempo também muda. Às vezes a história se passa “agora”, mas no capítulo seguinte é a uns dois anos atrás. Isso pode parecer meio confuso, mas eu particularmente achei super fácil de entender.
A trama é cheia de reviravoltas, o que faz com que você sempre queira saber o que vai acontecer a seguir.
O mais legal é que o que realmente acontece é sempre o improvável. Você pensa em mil e uma possibilidades, e quando descobre o que realmente aconteceu fica “nossa, como eu não pensei nisso antes?”
Super recomendo a leitura!

escrito por
Vitória Bruscato

leia também

    TAG: Eu amo essa música!
    Resenha: Wish You Were Here: Um Romance Musical
    Resenha: Fazendo Meu Filme – Lado B

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 Comentários

No Instagram

Nos acompanhe!