Continuando nossa série de posts especiais do Mês da Mulher, hoje eu quero que vocês conheçam uma mulher incrível, a Ana Carolina, fundadora do Eu Organizado. Sabe aquela frase do Silvio Santos “quem não viu, vai ver. E quem já viu, vai ver de novo”? Aqui nesse post eu trouxe uma entrevista com a Ana, então a frase é: quem não conhece,vai conhecer. E quem já conhece, vai conhecer mais.




Eu não sei bem quando conheci o Eu Organizado, mas sei que foi há um bom tempo. Talvez tenha sido numa época em que eu estava doida procurando por vários métodos de organização ou talvez eu tenha conhecido através da indicação em algum blog. Realmente não lembro, só sei que desde que conheci o blog, passei a acompanhar o trabalho da Ana.

Ela fala sobre organização. Tem um blog, um canal no YouTube, uma newsletter, um podcast, um Instagram, um curso online – e pode ter certeza de que eu ainda esqueci de citar algo. Tudo com muito conteúdo e muita informação para nos ajudar a organizar nossa vida.

O que eu mais gosto no discurso da Ana é que ela sempre deixa claro que ter uma vida organizada não é ter horário certinho para fazer tudo e ficar sem tempo para sair, lidar com imprevistos, etc. Ter uma vida organizada é você estar tão tranquilo com a organização da sua vida, que você consegue ter tempo para lidar com todos os imprevistos e compromissos de última hora. Sabe quando você está atolado de coisas para fazer, surge algo de última hora e o seu único pensamento é: Deus, como vou resolver isso agora se eu tenho mil coisas pra fazer? Tendo uma vida organizada, você não passa por isso (talvez até passe, mas acredito que com menos frequência).

Entrevista com a Ana

Desde quando você começou a estudar sobre organização e há quanto tempo trabalha com isso?
“o meu estudo de organização começou de um jeito bem espontâneo e natural lá pelos 14/15 anos – quando uma amiga minha da época me mostrou um texto da Thais Godinho. eu criei a minha marca no início de 2016 (seis meses depois de formada – eu fiz letras, protuguês/literatura) e lancei o primeiro texto no blog em junho do mesmo ano. no meio de 2020 o Eu Organizado completa quatro anos de existência.”

Nós não vemos muitas pessoas por aí trabalhando na sua área. Se uma pessoa te pergunta “qual é o seu trabalho”, o que você responde?
“essa pergunta é difícil pra mim até hoje! hahaha. eu geralmente digo que sou empreendedora, tenho uma marca & um site e que ensino as pessoas a se organizarem – de uma forma leve e fácil – pra que elas coloquem os seus projetos em prática.”

Defina “organização” em três palavras
“mergulho no autoconhecimento. :)”

Muitas pessoas nem sempre conseguem colocar em prática o que elas ensinam. Você ensina sobre organização, mas acha que de fato é uma pessoa organizada?
“sim, profundamente. não só pelas técnicas, conhecimento de método e domínio de ferramentas, mas também pelo treino de estar sempre pensando nas minhas prioridades, refazendo os meus acordos e redefinindo as minhas escolhas.”

“geralmente digo que sou empreendedora, tenho uma marca & um site e que ensino as pessoas a se organizarem – de uma forma leve e fácil.”

Você tem muitos meios de espalhar seu conhecimento por aí. Cursos, o blog, seu canal no Youtube, o Instagram do @euorganizado e o recente podcast, que eu particularmente amo e acredito que veio na hora certa já que muitas pessoas escutam podcasts atualmente. Indica pra gente 3 podcasts que você gosta de ouvir (sejam eles sobre organização ou não).
Welcome to Night ValeAlice Isn’t Dead e Hurry Slowly.”


Quais outras mulheres que falam sobre organização e te inspiram?
“a Thais Godinho, a Gabriela Brasil e a Rafa Cappai.”


Você tem um curso online sobre Organização Intuitiva. O que é a organização intuitiva propriamente dita e o que podemos esperar desse curso?
“organização intuitiva é o meu método de gerenciamento de vida básico. isso significa que, pra mim, tanto no curso quanto no que eu ensino pra todo mundo, a decisão lógica precisa sempre vir acompanhada de um mergulho fundo em si mesmo. 


e é isso que eu ensino no curso. ele aprofunda os temas do Manual da Organização e fala sobre os principais pilares: prioridades de vida, ambições e princípios, projetos, rotina semanal e ferramentas de apoio. cada um desses módulos ensina uma penca de coisas diferentes que, juntas, igualam uma organização intuitiva da vida e dos projetos.”


Para finalizar, deixe aqui uma frase que te inspira.
“stand in the way of beauty.


ou seja: se coloque no caminho da beleza.”


“pra mim, tanto no curso quanto no que eu ensino pra todo mundo, a decisão lógica precisa sempre vir acompanhada de um mergulho fundo em si mesmo”

E essa foi a nossa entrevista!

Eu fiquei super feliz de a Ana ter topado tirar um tempinho pra responder a essas perguntas, de verdade, e espero que vocês tenham gostado da entrevista tanto quanto eu.

Se você se interessou pelo curso de Organização Intuitiva, você pode saber mais sobre e se inscrever no curso clicando aqui (inscrições até o dia 15 de Abril).

E caso queira ver mais sobre o trabalho da Ana, visite o blog e o Instagram dela!

E aí, você já conhecia a Ana? Gostou da entrevista? Se interessou pelo curso dela? Me conta nos comentários!