Papeis de sentimentos | Fora da Caixa

Projeto Fora da Caixa é um desafio onde os blogs participantes escolhem um tema mensal para fazer uma postagem relacionada ao tema, e o importante é exercitar a criatividade. Os temas podem ter várias interpretações, sendo representados através de fotografias, textos, desenhos, etc., depende de cada um.

No mês de Julho, o tema escolhido foi sentimento, e eu decidi – tentar – reviver algumas memórias. 



Peguei três álbuns de fotos de quando eu era bem menor e comecei a olhar todas as fotos. Eu acredito que fotografias são grande "guardadoras de sentimentos", muito mais do que momentos, elas guardam sentimentos. Afinal, nós registramos momentos vividos, e nesses momentos estamos sentindo.

"Sinto, logo vivo." — Eu

Todas as fotos são de quando eu era bem pequena. Lembro de algumas coisas, e outras eu sei porque minha mãe ou alguém da minha família me contou. Vou compartilhar com você alguns dos momentos da little Vitória.

 
Vamos começar pelo aniversário de 2 anos. Que eu obviamente não lembro de nada, mas gosto de algo nessa foto: a casa da minha avó (ela será cenário de muitas fotos desse post).

Eu morei naquela casa até os meus 17 anos (e olha que eu tenho 20). Passei minha infância inteira ali, com a família toda morando junto, até que meus tios foram se casando um a um, saindo de casa, e por fim minha mãe se casou e saiu também, mas eu quis ficar. A desculpa era minha escola que era muito mais perto da casa da vovó, e sem condições de eu ficar horas em transporte público (mais do que ficava) para chegar em casa já que meu curso era super cnasativo. Mas, a verdade é que eu amo aquela casa até hoje. Eu cresci ali, conheço todos os cantinhos, minhas amigas foram lá brincar comigo, fizemos muitas festas lá...essa casa tem história pra contar.

Mesmo depois de todo mundo ter saído de lá, ficando só a minha avó, nós mantemos o hábito de sempre nos reunir aos domingos para aquele almoço com a família toda reunida.

Essa contação de história toda foi só para dizer que todos os meus aniversários quando pequena eram na casa da vovó. Iam amigos, vizinhos, parentes...a casa era grande, mas nem tanto, porém a gente sempre fazia caber todo mundo pra comemorar a vida.



Seguimos para a primeira vez que eu fui no Parque da Turma da Mônica. Eu também não lembro de nada! Devia ter dois, três ou quatro anos (realmente não sei). Minha mãe sempre diz que nesse dia eu fiquei doentinha, estava com febre e meio amoada, mas espero que tenha sido um dia feliz, como mostram as fotos, afinal, que criança não é feliz no fucking parque da turma da mônica?

E sim, eu fui no parque novamente quando já estava maiorzinha, dessa época tenho lembranças (que são assunto pra outro post) e acho uma pena que aquele lugar incrível tenha sido fechado.


Não sei com quantos anos, nem em que situação essa foto foi tirada, mas ela é fofa então eu quis compartilhar. Esse era o cavaquinho que meu primo tinha. E, provavelmente, eu estava tentando tocar e cantar (coitado de quem estava perto).




Chegamos aos cinco anos. Desse dia eu lembro um pouco. 

Antes do meu aniversário minha prima tinha feito a festa de aniversário dela com o tema dos Teletubbies e como eu amava o desenho, claro que fiquei encantada e falando muito sobre a festa. Então, minha tia e minha mãe pediram a decoração emprestada para a minha madrinha (que é mãe da minha prima) e queriam fazer uma surpresa que não deu certo já que elas estavam fazendo a decoração na sala de casa enquanto eu brincava pelos outros cômodos, mas claro que num dado momento eu entrei na sala para fazer sabe-se lá o que e vi a decoração. Minha tia falou que era pra ser surpresa, eu devia ver só na hora da festa, mas eu já estava super feliz só de ter aquela decoração no meu aniversário.

Nesse dia eu ganhei uma boneca Stephany, era uma muito vendida na época. Ela era bem grande, só um pouco menor que eu, e tinha vários "temas": noiva, rapunzel, etc., a minha era uma princesa.

Eu brinquei muuuito com ela! Ela ficava no meu quarto encostadinha do lado da cama. Depois de muitos anos, eu decidi fazer a linha cabeleireira e pintei as unhas da boneca. Não contente, cortei o seu cabelo. Ela nunca mais foi a mesma.






Pausa na contação de histórias para vocês apreciarem a bailarina que habita em mim.




E vamos de: little Vitória com um look todo azul (e tamanco) muito feliz em mais um dia de aniversário.

Esse aniversário estava cheio! Não sei como coube tanta gente em casa. Não peguei nenhuma foto pra mostrar pois as pessoas costumam não gostar muito de fotos antigas, então vamos respeitar a imagem de cada um né amiguinhos.


Mais uma foto mostrando que a dança sempre esteve nas minhas veias.

E se você pensou que eu estava dançando Ragatanga da banda Rouge, parabéns, você acertou!



Nesse aniversário meu padrinho me deu minha primeira – acho que foi primeira, se não foi, vou considerar que foi – bicicleta. Ela era rosa e verde, da Minnie, e tinha rodinhas, claro! Fiquei toda feliz. Eu andava muito com ela no corredor de casa (segunda foto) e no quintal também.


Última foto (ahhhhh!) de mais um aniversário. Não sei de quantos anos, mas eu já era bem grandinha. Lembro que nesse dia saímos – a família toda – pra algum lugar, e depois fomos pra casa da vovó cantar parabéns e cortar o bolo.

Essa foi a minha tentativa de reviver alguns sentimentos e, quem sabe, passar algum pra vocês! Espero que tenha dado certo.


Visite os blogs participantes


20 comentários

  1. ah que demais esse projeto, você era tão fofinha ^^

    ResponderExcluir
  2. Acho super interessante esse projeto. Ler sobre sua relação com sua família, em especial com sua avó principalmente neste momento, faz a gente pensar nas nossas próprias lembranças. Pelas suas fotos deu para perceber que a dança sempre fez parte da sua vida.

    obs: Você era uma criança muito fofa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simm, a dança sempre esteve presente por aqui, hahaha!

      Excluir
  3. Oi Vitória, como vai? Eu nunca participei desse projeto mas, acho toda a ideia central dele muito bonita e inspiradora, porque os blogs podem se exercitar ao máximo. Sempre achei lindas as fotos de família, com todos os familiares reunidos e as lembranças de um dia incrível que foi passado juntos, infelizmente, não tive muitas fotos como a sua na infância e a minha avó morreu cedo demais, não cheguei a conhecê-la.

    Amei ver que você fez aulas de balé, sempre quis fazer quando menina mas, não tinha condições para isso. Fico muito feliz em ver que você teve uma infância feliz e cheia de carinho, amor e cuidados da sua família.

    Abraços da Vivi
    http://resenhasdaviviane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, que fofa! Fico felizíssima em saber que você gosta do projeto e gostou do post! <3

      Excluir
  4. Faço isso direto, pra matar a saudade da minha avó. vejo fotos e vídeos antigos de aniversários e me teletransporto pra aquela época

    ResponderExcluir
  5. Fotos são memórias vivas, aquilo que deixamos pra prosperidade.
    Uma delícia!
    Adorei o post!!!

    ResponderExcluir
  6. Anônimo27/6/20

    Aiiii quanto fofurice! :D Eu tb amo fotografias. Tenho muitas e você está certa, elas transmitem sentimentos, pois estávamos sentindo algo quando a tiramos.

    Adorei a foto com o cavaquinho. hehe. Vou dizer minhas favoritas: cavaquinho, vestido amarelo com a caixa de boneca, de bailarina com bundinha pra cima, de vestido azul mostrando as mãozinhas.

    Casa de vó é casa de vó. Minha avozinha que morava perto de mim já está no céu. Eu amava ir na casinha dela, mas era ela que sempre dormia em nossa casa. hehe. Amava.
    Minha outra avó mora noutro estado e é a típica casa de vó. Ela sempre cozinha delícias, gosta de contar a história de quando conheceu meu avô - por quem é apaixonada até hoje, tem hortinha, jardim de flores...
    rsrs

    Adoro posts sobre memórias! :D

    x
    Paulinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, que gostoso ler um pouco sobre a sua vida também! <3
      Obrigada pelo carinho! *-*

      Excluir
  7. Que amooor de post! Senti que conheci mais de você através dele e olha, você continua com a mesma carinha <3 Eu tenho revisitado muito os álbuns de foto daqui de casa com a minha mãe, a gente passa horas vendo e conversando sobre os momentos daquelas fotos. Muita nostalgia <3

    ResponderExcluir
  8. Que post mais lindinho, moça <3 eu tenho uma caixa aqui em casa cheia de fotos, e ver seu post me deixou com vontade ir lá pegar e olhar todas. É tão gostoso fazer isso, me deixa com um quentinho no coração, pois essas fotos sempre tem momento bons. No mais, você sempre maravilhosa, olha essas poses nas fotos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simm, a gente fica com o coração quentinho, né?
      Aaah que linda! Obrigada! <3

      Excluir
  9. Oi
    muito fofas as suas fotos, eu também adorava teletubes e eu e minha irmã até tínhamos dois ursos grandes que meu pai fez minha mãe jogar fora porque não gostava, eu adoro olhar minhas fotos antigas.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHA, os telettubies eram feios, né? Não julgo seu pai não kkkkkkkkk

      Excluir
  10. Eu tô apaixonada na mini Vitória! Que trem mais lindo tu era (não que não seja linda agora, mas você me entende haha)! Eu amei suas lembranças na casa da sua avó porque, assim como você, todas as minhas memórias também são na casa da minha avó. Todos os aniversários, feriados, fins de semana, as tardes depois da aula, eram na casa da minha avó ♥ Fico muito feliz em ver que você teve uma infância recheada de momentos e sentimentos felizes!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu queria ter ficado criança pra sempree hahahah!

      Excluir