Propósito de vida em tempos difícies: Soul, o filme que todos precisávamos

Lembro que assim que a Disney anunciou que lançaria uma animação com protagonista negro, eu já fiquei super feliz e na expectativa de assistir aos filmes no cinema. Das poucas imagens que foram lançadas no ínicio, o que sabíamos é que o personagem principal viraria uma alma (nome do filme), assim deixando de aparecer e se tornando um bonequinho azul, com isso surgiram vários textos e discussões sobre não deixarem os personagens negros aparecerem em seus próprios filmes (assim como em A Princesa e O Sapo, onde a protagonista e o príncipe que são negros, passam a maior parte do filme na forma animal), e eu concordei com tudo o que li. Mas, minha surpresa foi gigante ao assistir o filme e ver que Joe Gardner, nosso protagonista, aparece bastante em sua forma humana sim. 

Como dito acima, eu queria muito assistir ao filme nos cinemas, mas com a pandemia, ele acabou sendo lançado oficialmente pelo Disney+.


Título: Soul
Gênero: Animação, Fantasia, Música
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 1h40min
Um filme Disney/Pixar. Disnponível no Disney+

Você já se perguntou de onde vêm sua paixão, seus sonhos e seus interesses? O que faz de você... VOCÊ? A Pixar Animation Studios nos leva a uma jornada pelas ruas da cidade de Nova York e aos reinos cósmicos para descobrir respostas às perguntas mais importantes da vida.


Joe Gardner é um professor de música que ama jazz e não vive sem música. Ele mora com a mãe, dá aula em uma escola, é um ótimo professor e musicista, mas apesar disso não tem todoo reconhecimento que merece. Seu sonho é tocar em palcos e ficar famoso pela sua música, e ele se vê prestes a realizá-lo ao ser convidado para tocar piano num show da famosa Dorothea Williams, um ícone do jazz. Ele só não esperava que logo em seguida iria morrer, e descobrir muitas coisas sobre a vida (e além dela).


Eu não sabia o que esperar desse filme. Sabia bem por cima a sinopse, e assisti sem nem ter visto trailer algum. E ele conseguiu superar o inesperado.

Não pensem que pelo fato de o protagonista morrer logo de início, o filme não seja bom para crianças. Ele é bom para todas as idades. Mostra uma perspectiva de pré e pós vida muito legais, além de ser engraçado e leve.

Esse filme é, acima de tudo, sobre propósito. Porque a gente vive? O que nos move? O que faz nós sermos nós mesmos? Acredito que ele se encaixe incrívelmente bem com o momento em que o mundo está passando. Ao se ver trancado dentro de casa, sem poder sair para nada, quem não se pergntou "e agora? O que vou fazer da vida? Como adapto meu trabalho para um novo formato? Eu realmente trabalho com o que gosto, ou faço isso para sobreviver?". Tenho certeza que essas e várias outras perguntas passaram pela cabeça de muitas pessoas, e elas fazem nos pensar muito em propósito, e é por isso que esse filme é tão importante.

A maior lição dele é: valorizar o caminho, ele é essencial para a chegada. E tem mais uma super importante: valorizar as pequenas alegrias da vida.


Joe aprende muito com 22, uma alma que está no pré-vida há muito tempo e não quer de jeito nenhum ir pra Terra, pois não vê a mínima graça, e está super confortável onde vive. Na missão de tentar ajudá-la a encontrar um propósito e voltar a vida para realizar seu sonho, ele começa a entender o que realmente importa na nossa jornada na Terra, e o que realmente devemos valorizar.

E você, já assistiu ao filme? Conta pra mim nos comentários o que achou!

Nos acompanhe no Instagram!

14 comentários

  1. Vit, eu tava que nem você sem saber o que pensar de Soul antes de assistir, mas nada preparou o cérebro pra tanta discussão pertinente. Impressionante como ele se encaixou tão bem no momento em que estamos vivendo e várias cenas vieram com solavancos... Isso de pensar no trajeto ao invés de ficar pensando só no fim é TÃO IMPORTANTE, porque, se parar pra pensar, não existe o fim ou até existe, mas aí é a morte e ninguém quer ESSE fim. Precisamos curtir o trajeto porque é isso que a vida é ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EXATAMENTE!
      Esse filme fez tudo e vou aclamá-lo de todas as formas possíveis, hahaha

      Excluir
  2. Aaah, eu ainda não assisti, mas vi muita gente falando bem, e chorando, desse filme. Adorei vê-lo por aqui... me deu mais vontade de assistir.

    ResponderExcluir
  3. Olá Vitória! Eu li algumas críticas sobre esse filme e mesmo sem tê-lo assistido ainda eu achei algumas exageradas, acho importante buscarmos a diversidade na literatura, no cimena e em todas as mídias sociais, mas, quando lançam um filme para crianças com um protagonista negro criam toda uma polêmica em cima da história, que acaba desanimado as produtoras, acho certo falarmos cada vez mais sobre o assunto, sempre baseada naquilo que sabemos, não adianta criticar sem conhecer.

    Esse é um dos filmes que estão na minha lista para ver ainda em 2021 com meu esposo, estamos aproveitando o tempo que temos juntos antes da aulas presenciais voltarem. Amei a dica.

    Viviane Almeida
    https://resenhasdaviviane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que as "polêmicas" criadas em cima de filmes assim, são justamente pelo fato de eles serem tão importantes e quase nunca serem feitos, logo, quando produções como essas aparecem, queremos que sejam bem feitas e que as crianças se sintam representadas.

      Tenho certeza que você vai gostar do filme quando assistir.

      Excluir
  4. Anônimo30/1/21

    Aaaaah, adorei a resenha e o trailer! Fiquei bem interessada e VOU ASSISTIR, ainda ainda mais porque é sobre um protagonista músicooooo. AMO!

    "A maior lição dele é: valorizar o caminho, ele é essencial para a chegada. E tem mais uma super importante: valorizar as pequenas alegrias da vida." - Filmes com ensinamentos assim são ótimos para todas as idades mesmo. Gostei de ele tratar sobre a questão de PROPÓSITO.

    Obrigada pela dica, já ri e me emocionei com o trailer.
    Paula

    ResponderExcluir
  5. Este filme está entre os meus mais desejados! Me interessei por conta da relação da personagem com a música, assisti à chamada e depois ele ficou aparecendo inúmeras vezes nas minhas redes. (srsr) No dia que fui assistir, a internet travou e desisti, mas estava curtindo bastante! Parece mesmo daquelas histórias que nos fazem para a bola para olhar o jogo! Super importante!

    Muito bacana sua leitura! Gostei viu!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando você conseguir assistir tudo, vai adorar <3

      Excluir
  6. Hello!
    Posso dizer que chorei com esse filme? Eu assisti ele com minha mãe e achei maravilhoso! Quer dizer a Disney e Pixar sempre arrasam em suas animações, não tem nem o que falar. A parte que mais me emocionei é quando ele recebe uma segunda chance e o perguntam: "agora que você recebeu uma segunda chance o que vai fazer?"
    Nossa! É maravilhoso! Uma coisa que achei, particularmente, interessante foi ele estar trazendo algumas coisas relacionadas a doutrina espírita. huahuahuahua de forma leve e divertida claro.

    Blog Karolini Barbara | Instagram Karolini Barbara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também chorei, hahaha.
      SIM! Quando ele recebe uma segunda chance é tudo, fiquei toda arrepiada só de ler.

      Excluir
  7. Ai nossa, quero tanto ver esse filme! Preciso assinar o Disney+ logo, hehe Amei já pelo trailer e só tenho visto comentários positivos como o seu. Já sei que vou chorar quando parar pra ver

    ResponderExcluir