Resenha: Minha Vida Fora de Série - 2ª Temporada (releitura)

Se você acompanha o blog ou o instagram, sabe que eu estou relendo os livros da série Minha Vida Fora de Série. Quero relembrar tudo para, finalmente poder ler o quarto livro pela primeira vez.

O primeiro livro dessa série foi bom demais, porém esse foi ótimo!

Leia também: Resenha: Minha Vida Fora de Série - 1ª Temporada (releitura)


Título: Minha Vida Fora de Série - 2ª Temporada

Autora: Paula Pimenta

Páginas: 424

Editora: Gutenberg

Sinopse

Na 2ª temporada de Minha vida fora de série, Priscila, agora com 16 anos, começa a lidar com questões mais sérias da adolescência: a proximidade do vestibular e, com ele, todos os receios dessa fase; amizades que de repente se perdem; o aprendizado de que um namoro tem que ser constantemente cuidado para não se desgastar. Ela também descobre que atos impensados, que parecem estar esquecidos no passado, podem marcar irreversivelmente o presente.
Nossos queridos personagens – já conhecidos pela série Fazendo meu filme – estão de volta, para não deixar ninguém com saudade. Não perca os próximos episódios da vida fora de série de Priscila. Você não vai conseguir desgrudar até terminar de ler.


Minhas Impressões

No primeiro livro, conhecemos a Priscila com 13 anos, uma criança que está descobrindo a vida e tem muita maturidade apesar da pouca idade (falei sobre isso na resenha do livro 1). Agora, três anos se passaram, e a personagem principal se vê num mar de responsabilidades que precisa aprender a lidar, além de querer mais liberdade para aproveitar a vida.

Passamos pelos 15 anos de Priscila, onde ela conta como foi sua viagem de comemoração e nos mostra acontecimentos importantes para o desenrolar de toda a história.

Esse livro não é narrado somente pela Priscila, em alguns capítulos, quem conta a história é Rodrigo, seu namorado, o que eu acho muito legal em livros, poder ver os dois lados da história, dois pontos de vistas de personagens diferentes, acho que isso nos ajuda a entender mais como cada personagem é.

Em meio a músicas, séries e ONGs que ajudam animais, Priscila e Rodrigo percebem que nem só de amor se alimenta uma relação. Demonstrações de afeto são importantes, conversa, compreensão, e etc. 

"E foi aí que eu vivenciei a pior dor que eu já senti. A possibilidade de perder alguém que era o sentido da minha vida." pg. 309

Como eu pasei raiva com esse livro! A Paula Pimenta sempre consegue criar uma bola de neve onde quando você acha que as coisas vão dar certo porque não tem como piorar, elas pioram. Eu ficava nervosa e aflita lendo os acontecimentos, pensando o que cada personagem poderia fazer para resolver as situações.

"Claro que você vai arrumar outros amores. Mas alguns são mais fortes do que outros. Alguns deixam lembranças que não se apagam com outros beijos." pg. 338

Durante a leitura desse livro aconteceu algo que há muito tempo (mesmo) não acontecia: eu chorei. Chorei demais com um acontecimento que me deixou tão abalada ao ponto de parar a leitura e só continuar em outro dia. Depois tudo ficou bem, claro, afinal as histórias da Paula Pimenta são assim: tudo da errado o tempo todo, mas a gente sempre ganha um final feliz.

Desfoquei uma parte da foto, pois o spoiler seria enorme!

Assim como no primeiro livro, esse é cheio de e-mails e mensagens que um personagem manda ao outro, e eu achei que aqui até temos mais. Vários capítulos são compostos apenas por vários e-mails, e eu acho sensacional! É muito legal ver os personagens conversando dessa forma, e vários diálogos são super engraçados.

A música também está mais presente nesse livro. No final de alguns capítulos, tem algumas playlists super legais. A trilha sonora completa, você encontra aqui embaixo:




A primeira vez que li esse livro, foi em 2014, quando eu tinha 14 anos, e a resenha que fiz dele conseguiu ser mais vergonhosa do que a primeira! Você pode ler clicando aqui.


"Alguns episódios tristes são necessários para darmos valor aos felizes. Afinal, são todos eles somados que nos fazem crescer...e que fazem a série da nossa vida valer a pena." pg. 409

Compre o livro 

★★★★★

O blog é parceiro da Amazon, comprando pelos nossos links, você ajuda a manter esse cantinho em pé sem pagar nada a mais por isso :)

12 comentários

  1. Eu acho a capa desse livro a coisa mais fofa do mundo, é minha favorita dos quatro (tenho que ler o quarto também, inclusive).

    Eu lembro que dei algumas risadas nesse livro, mas a Priscila é uma personagem que me irrita um pouco =( Queria ter lido que nem você, quando era mais novinha, pra ver se simpatizaria melhor com ela, sabe? O lado bom foi que as séries das citações já eram algumas que eu conhecia melhor, então entrava no clima - e trilha sonora é tudooooo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NÃO ACEITAMOS QUEM FALA MAL DA PRISCILA NESSE BLOG (brincadeira)

      Mas realmente, acho que pra quem não lê o livro numa idade semelhante à dos personagens, pode achar alguns deles chatinhos mesmo, hehehe.

      Excluir
  2. Eu amo os livros da Paula Pimenta! Li o fazendo meu filme enquanto me preparava para o Intercâmbio e foi super especial. Acho que eles passam a vibe de fazer sua vida acontecer e eu gosto muito desta ideia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, ler Fazendo Meu Filme para se preparar pra intercâmbio é entrar no clima 100%!

      Excluir
  3. Eu adoro essa expectativa de relêr um livro sabe... Porque mostra o quanto amadurecemos de um ano para outro.

    https://expressoliterarios.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Acho legal você reler os livros e ainda se sentir bem com eles. Quando gostamos de uma história, não importa nossa idade, ela sempre nos será agradável. Eu nunca li os livros da Paula Pimenta, mas fico feliz que esteja gostando. E com relação a resenhas vergonhosas, sei como se sente. As primeiras que fiz, logo que o blog começou são a treva... kkkk
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é uma delícia (re)ler histórias que amamos!

      Acho que todo mundo tem os posts da vergonha, né? Hahaha

      Excluir
  5. Li apenas o primeiro livro, apesar de já ter o segundo e terceiro volume em casa. A Paula Pimenta tem uma forma de escrever tão cativante e ainda que eu não tenha conhecido seus livros na adolescência (eu lia mais os livros da Thalita) quando li alguns do livros dela me senti como uma adolescente de novo. kkk

    Obs: quando foi ler esse livro já vou ir preparada por saber que há grandes chances de passar raiva. kkk

    Blog Profano Feminino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A escrita dela é tudo, prende o leitor demais e é por isso que eu amo.

      Vá preparada mesmo, hahaha!

      Excluir
  6. Eu nunca li nenhum livro da Paula Pimenta, apesar, de sempre ler boas resenhas sobre as eles não tenho mais paciência para dramas adolescentes e sempre busco livros com protagonistas mais velhas. Acho que esses livros são maravilhosos para adolescentes e jovens, tanto que comprei e doei vários para a biblioteca da escola onde eu trabalho.

    Eu ainda não adquiri o hábito de reler meus livros antigos, sempre quando penso em fazer isso me vem na cabeça a quantidade de histórias que eu ainda não conheço, fico com aquela culpa besta..rs.

    Viviane Almeida
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tinha isso de não querer reler histórias pensando nas que eu ainda não tinha lido, mas o que é bom tem que ser relembrado, né?

      Excluir