Hoje em dia a gente não precisa mais nem de currículo pra conseguir um emprego. Nem perfil no LinkedIn. O que pedem mesmo é o Instagram, e ai de você se usar essa rede só pra compartilhar fotos de momentos da sua vida. Tem que compartilhar sobre o seu trabalho. Que saco, né?
Sim, eu sei. Quem sou eu pra falar alguma coisa, já que uso o Instagram pra isso? Acontece que eu tô criando conteúdo pra internet fazem 7 anos, e eu já usava as redes (quando a gente mal usava Instagram) pra compartilhar sobre o meu trabalho muito antes disso ser moda. Porque na minha profissão eu preciso ser vista. E lembrada. E “quem não é visto não é lembrado“. Uma vez minha antiga professora do Ensino Médio me disse isso, porque de todas as alunas que voltaram a escola pra fazer uma visita depois de formadas, eu era uma das únicas que ela se lembrava. Justamente porque eu compartilhava meu trabalho no Facebook. Bingo! Eu estava sendo vista. E lembrada.
Mas a questão é: na sua profissão, você precisa ser visto o tempo todo? Lembrado o tempo todo? Você precisa ser “famoso”? Talvez não.
O que acontece, é que, muita gente hoje em dia acaba usando o Instagram como forma de divulgação do seu trabalho, o que é algo inteligente, afinal é uma rede que alcança muitas pessoas. Só que, se isso não é sua praia, não tem porque você entrar nessa pilha.
Vai por mim, preserva sua saúde mental, e se for usar as redes como portfólio, faça do jeito que te deixe o mais confortável possível.
Muita gente tem vários seguidores, um feed lindo e promete mil coisas, mas é tudo farsa. O trabalho dela é horrível. Assim como existem pessoas que são ótimas profissionais, com um trabalho incrível, que nem nas redes estão. 
E, se é pra garantir a qualidade do seu trabalho, que seja na hora da ação, e não só na vitrine. Então, garante o seu trabalho no ao vivo, e desencana do digital (a não ser que o seu trabalho seja aqui mesmo) (:

Você também pode gostar:

2 comentários

  1. As redes sociais podem te ajudar ou te prejudicar, depende de como você as usará. E não digo isso só porque existem pessoas que compartilham momentos da sua vida pessoal no instagram, mas se deixarem se levar só pela ideia de um feed bonitinho sem a entrega de um conteúdo ou trabalho bem feito. Eu não gosto de usar minhas redes sociais para publicar o que estou fazendo e etc, mas gosto para mostrar um pouco do meu trabalho e daquilo que gosto de fazer. Estou na era dos blogs desde os 16 anos, e nós já éramos famosos sem precisar de toda essa pressão.

    ótimo texto!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *