O reality da Netflix "Sexy Beasts" é sobre encontrar um amor sem ligar para a sua aparência. Mas será que isso realmente acontece?

Navegando pela Netflix, um reality me chamou muita atenção por ter pessoas fantasiadas de “feras” e animais um tanto quanto…estranhos. Assisti à chamada e vi que se tratava de um reality de relacionamento, onde você conhece a pessoa fantasiado, e decide se gosta dela ou não com base nos encontros e nas conversas que tem com ela. Tudo isso sem ver o rosto da pessoa.

A premissa é: encontrar um possível amor sem ligar pra aparência. Será mesmo que isso acontece?

imagem de divulgação da série Sexy Beasts, da Netflix.

Cansados de relacionamentos superficiais, solteiros são transformados em animais e outras criaturas míticas para testar a química em um encontros às cegas.

Sexy Beasts – Amor Desmascarado é um reality da Netflix, que atualmente conta com 2 temporadas de 6 episódios cada, e duração de, aproximadamente, 22 minutos cada.

Os episódios não possuem ligação entre si, podendo ser assistidos em qualquer ordem, e funcionam da seguinte forma:

Uma mulher ou homem é o prinicpal do episódio, e tem um encontro com mais três participantes separadamente. O primeiro encontro é simples e breve, geralmente em um bar ou restaurante, para que eles conversem. Após o primeiro encontro, todos se reúnem, e o principal diz com quem mais se identificou, eliminando assim um participante.

Os outros dois tem encontros diferentes em outros dias, e geralmente envolvem atividades: jogar golfe, fazer um passeio turístico, cozinhar, etc. É com base nesse segundo encontro que o principal decide com quem gostaria de ficar.

Só ao final do episódio (ou depois que um participante é eliminado) que vemos o rosto de cada um.

A proposta é super legal, e eu gosto muito da produção feita nas maquiagens e caracterizações. Assim como em todos os realities, existem pessoas que são super legais, e passamos a torcer por elas, assim como existem pessoas que são tão chatas, que nos deixam com vontade de parar de assistir.

O que os casais fazem nos encontros é preparado pela produção do programa, e um ponto negativo é que parece que eles fazem de propósito encontros favoráveis para alguns participantes, como se o casal tivesse que ficar junto, e desfavoráveis para outros, como se fosse pra não dar certo mesmo. Lembro que um dos encontros foi numa aula de Ioga. Que chances o casal teria de conversar e se conhecer melhor, se precisavam fazer silêncio o tempo todo?

Outra coisa que incomodou muita gente que assistiu foi o fato de, em duas temporadas, apenas terem casais héteros. Dona Netflix, vamos trazer mais representatividade?

A parte mais legal do reality, para mim, é ver o verdadeiro rosto por detrás das caracterizações. Eu ficava imaginando como a pessoa deveria ser e sempre errava. Eles fazem uma transformação incrível mesmo.

imagem no formato de pin com o título "sexy beasts"
texto: reality da netflix transforma solteiros em animais e outras criaturas míticas para testar a química em um encontros às cegas. mas será que as aparências não importam mesmo pra eles?

imagem com três personagens do reality caracterizadas

texto final: será que a gente realmente consegue se conectar com alguém a ponto de não ligar pra sua aparência nunca?
leia o post completo sobre o reality em
WWW.ESTANTEDAPIPOCA.COM

Uma reflexão que fiz sobre a proposta principal do reality, que é não se importar com a aparência, é que: isso não acontece de forma alguma!

Primeiro porque todos os participantes são pessoas extremamentes bonitas e que se encaixam em um padrão de beleza. A grande maioria diz que sofre por ser bonito demais (parece piada eu sei, mas eles realmente dizem que as pessoas só se importam com a aparência deles), e que por isso entrou no programa. A realidade é que alguns participantes que foram eliminados, diziam “Quero ver a cara dele [quem o eliminou] quando ver o que perdeu”, se referindo à própria aparência. Mas não é justamente contra isso que o reality quer ir?

Também fica nítido quando algum participante acha o outro feio, ou simplesmente fala “Que bom que ele não me quis! Não faz o meu tipo.”.

Assistir esse reality e ver esses pontos, me fez pensar na vida real: será que a gente realmente consegue se conectar com alguém a ponto de não ligar pra sua aparência nunca? Fica aí o questionamento!

E você, já assistiu ou conhecia esse reality? Acha que é possível não ligar pra aparência mesmo? Me conta nos comentários!

Nos acompanhe no Instagram!