Eu estava sem criatividade alguma para elaborar/sugerir um tema para a blogagem coletiva do mês de Maio no grupo United Blogs, porém a maravilhosa Luly Lage teve a brilhante ideia de tema: o ano em que nasci. Eu adorei! E sim, vocês já podem me achar uma criança por ter nascido no ano 2000 (as pessoas costumam ficar chocadas com essa informação).

Logo que definimos o tema, eu já pensei em fazer algo relacionado aos desenhos e programas infantis que eu assistia quando era menor. 

Se sua infância foi entre os anos 90 e 2000, cuidado! Esse post pode trazer muitas saudades e lembranças da época. 
Todos os desenhos e séries aqui mencionados foram selecionados de acordo com a revista EU. Não vou listar todos, pois o post ficaria imenso, porém selecionei vários que marcaram minha infância e foram significativos para mim, e com certeza para muitas pessoas que irão ler.
Nem todos da lista foram lançados no ano de 2000, alguns antes antes e outros depois, mas todos fizeram parte da infância de quem viveu essa época. A lista está em ordem alfabética e não de preferência, até porque eu não seria capaz de escolher.

1. Arthur

De 1996, Arthur tem oito anos e faz parte de uma família de porquinhos-da-índia. No desenho vemos sua vida, sua relação com a família e amigos, em casa, na escola e nas situações do dia-a-dia. Todos os personagens são animais.
Com 23 temporadas, foi transmitido por muito tempo pela TV Cultura, no Brasil.

2. Baby Looney Tunes

De 2001, nós vemos os famosos personagens da Warner Bross: Frajola, Taz, Pernalonga, Piu-Piu, Lola e Patolino, quando ainda são bebês/crianças. Eles moram com sua avó e a deixam louca com tudo o que aprontam.

O que eu mais amava no desenho era a música de abertura, que eu sei cantar todinha (aliás, tem várias que eu sei, hehehe).
Com 53 episódios, o desneho foi exibido originalmente pelo Cartoon Network, e se não me engano, pelo SBT também.

3. Caillou

De 1997, Caillou é um desenho animado que mostra a infância do menino Caillou. Os episódios sempre tinham algum ensinamento o que tornava o desenho bem bacana. 

Com 96 episódios, o desenho passou por muito tempo na TV Cultura, e hoje se encontra disponível na Netflix.

4. Castelo Rá-Tim-Bum

De 1994, a série contava a história de Nino: um menino bruxo de 300 anos que morava com os tios num Castelo. Seu amigos fieis Pedro, Biba e Zequinha sempre iam visitá-lo, e o vilão Dr. Abobrinha (ou Pompeu Pompilho Pomposo, como ele gostava de ser chamado) sempre se disfarçava para tentar comprar o Castelo.

Num Castelo cheio de magia, nós aprendíamos sobre música, ciência, fatos históricos, a lavar a mão e muito mais.
O sucesso da série era enorme, rendeu alguns livros, em 1999 virou filme, com mudança de alguns atores e cenários, mas sem deixar a magia do Castelo de lado. Muitas peças teatrais foram produzidas sobre o Castelo e sobre alguns personagens em específico. E em 2014, o Castelo ganha sua primeira exposição onde era possível adentrá-lo e conhecer esse universo mágico de perto (eu fui, eu tava). Fiz um post aqui sobre a exposição no MIS (Museu da Imagem e do Som), a primeira que eu fui (depois fui no Memorial da América Latina), com poucas palavras e muitas imagens de péssima qualidade, era o que o meu celular permitia na época.
Sobre essa série: COMO NÃO AMAR? Eu poderia fazer uma série de posts por aqui só sobre Castelo Rá-Tim-Bum!
Com 90 episódios, era distribuída pela TV Cultura, e hoje todos os episódios estão disponíveis no canal do Youtube do Castelo.

5. Clifford, o Gigante Cão Vermelho

De 2000, Clifford era um cão gigante e no desenho víamos suas aventuras com sua dona.

Confesso que eu não lembro muito do enredo desse desenho, mas sei que eu gostava bastante. Pesquisando informações para esse post, descobri que o desenho ganhou um filme em animação em 2004, e uma versão em live-action estava sendo gravada em 2019 (porém não encontrei informações de datas de lançamento – nem se já foi lançado).
Com 65 episódios, o desenho ficou conhecido no Brasil através do canal Discovery Kids.

6. Clube das Winx

De 2004, Clube das Winx era um grupo de fadas amigas composto por: Stella, Flora, Musa, Layla, Tecna e Bloom, sendo a última, a personagem principal, que descore que tem poderes mágicos e vai estudar na escola de fadas, onde conhece as amigas.

Quem nunca ouviu “sei que você vai querer ser uma de nós”  na versão funk, não é? Sei que muita gente nunca deve ter escutado, mas eu adorava.
Com 8 temporadas, o desenho é exibido até hoje no canal Discovery Kids. Duas de suas temporadas estão disponíveis na Netflix.

7. Cocoricó


Quem conhece a gaita já sabe quem tá chegando, Júlio
e toda a turma do Cocoricó é de 1996. Júlio vive com os avós na fazenda, tem vários amigos animais e a série retrata o dia-a-dia dele.

Dando um Google, vi que a primeira aparição de Júlio na TV foi no especial de Natal “Banho de Aventura” do programa Rá-Tim-Bum, onde Júlio era o protagonista. A partir daí nasceu a série.
Não encontrei o número exato de temporadas nem de episódios, mas sei que são muitos. Exibido pela TV Cultura, o programa está nas telinhas até os dias atuais.

8. Cyberchase

De 2002, Cyberchase contava a história de três crianças (Inez, Matt e Jackie) e um pássaro (Dígito) que usavam a matemática para impedir que Hacker, o vilão, dominasse o universo.

O desenho era muito legal e educativo por ter várias referências à tecnologia e pelo fato de as crianças utilizarem matemática para resovler seus problemas.
Com 12 temporadas, foi exibido pela TV Cultura.

9. De onde vem?

De 2001, De onde Vem? era um desenho educativo protagonizado pela Kika, uma menina muito curiosa que queria saber a origem de todas as coisas. Em cada episódio nós víamos uma explicação sobre algum tema (foi com esse desenho que eu aprendi o que era Rotação e Translação – e meu primo de 10 anos também).

Tendo uma temporada com 20 episódios, o desenho foi distribuído pela TV Cultura.

10. Dora, a Aventureira

De 1999, o desenho mostrava as aventuras de Dora e seu amigo macaco Botas. O desenho era “interativo”, a protagonista sempre fazia perguntas aos espectadores e víamos um breve silêncio, que nada mais era do que o tempo para as crianças responderem.

Quem nunca gritou “Raposo não pegue! Raposo não pegue!” não sabe qual o poder da voz para parar um bandido.
Em 2019, Dora ganhou um filme na versão live action entitulado de “Dora e a Cidade Perdida”.
Com 8 temporadas, a série tem como emissora orignial a Nickelodion. Duas de suas temporadas estão disponíveis na Netflix.

11. Drama Total

De 2007, Drama Total é um reality show animado onde coisas muito doidas acontecem. Apresentado por Chris McLean, o vencedor leva um prêmio de 100 mil em dinheiro.

Com 5 temporadas, cada temporada traz alguns personagens diferentes para disputar pelo prêmio (assim como um reality de verdade). Distribuída pelo Cartoon Network. A temporada “só estrelas” está disponível na Netflix. Nela, foram selecionados os personagens mais marcantes das outras temporadas para participarem novamente do reality.

12. Escola Pra Cachorro

De 2009, o desenho mostrava o cotidiano de cachorros que passavam o dia juntos na escola pra cachorro. 

Com 2 temporadas, o desenho foi distribuído pela TV Cultura e Nickelodion, e passa até hoje na televisão na TV Rá-Tim-Bum!

13. George, O Curioso

De 2006, conta a história de George, um macaquinho muito fofo, e seu dono, o homem do chapéu amarelo. George é, de fato, muito curioso, e sempre entra em encreca.

Em 2006, a animação virou filme, que tem como música tema a linda Upside Down, com uma letra maravilhosa.
A animação teve 12 temporadas e era distribuída pelo Discovery Kids.

14. Hi-5

De 1999, Hi-5 era um programa de TV infantil onde 5 amigos cantavam e dançavam entre diversos quadros, onde cada quadro era protagonizado por um ou dois dos amigos e sempre tinham o objetivo de ensinar algo ao público.

O programa teve 595 episódios. Originalmente criado na Austrália, teve adaptações nos Estados Unidos, Inglaterra, Singapura, Argentina, Filipinas e Indonésia. 
Sua emissora de sitribuição original foi a Nick Jr., porém nos Estados Unidos e Brasil, a série foi distribuída pelo Discovery Kids.

15. Hi Hi Puffy AmiYumi

De 2004, o desenho mostra a vida das estrelas do rock Ami e Yumi. O desenho é baseado na banda Puffy AmiYumi, as cantoras Ami Onuki e Yumi Yoshimura, que aparecem na abertura do desenho.

Com 39 episódios, a série é exibida até hoje no Cartoon Network.

16. Ilha Rá-Tim-Bum

De 2002, o seriado, que passou a ser produzido depois do fim de Castelo Rá-Tim-Bum, conta a história de cinco amigos que vão parar numa ilha habitada por seres estranhos.

Com 54 episódios, o seriado foi produzido e distribuído pela TV Cultura.

17. LazyTown

De 2004, LazyTown misturava personagens reais com bonecos. Contava a história de Stephanie, uma menina que vai morar na Vila Moleza com seu tio, e junto com Sportacus, eles estimulam as crianças a saírem e brincar deixando de ser sedentárias. Eles também sempre devem ficar de olho em Robbie Rotten, que faz de tudo para estragar as atividades deles.

Com 104 episódios, a série tem como emissoras originais: Nickelodion, Jetix, Disney Channel e Nick Jr.

18. O Pequeno Urso

De 1995, o desenho foi baseado na série de  livros “Little Bear” escritos por Else Holmelund Minarik. O desenho mostra o dia-a-dia do urso e seus amigos.

Com 65 episódios, foi distribuído no Brasil pela Nickelodion, TV Cultura e HBO Family.

19. Os Amigos da Miss Spider

De 2004, conta a história da Miss Spider (uma aranha) que é vegetariana e tenta educar suas crianças sobre situações da vida e outras coisas.

Só quem viveu tendo medo daquela aranha branca horrível sabe como foi.
Com 44 episódios, foi distribuído no Brasil pela TV Cultura, Cartoon Network e Discovery Kids.

20. Os Camundongos Aventureiros

De 1998, os primos camundongos Emily, que era do campo e Alexander, que era da cidade, percorriam o mundo todo sempre com novas aventuras e fazendo novos amigos.

Com 58 episódios, tinha como emissora original a HBO Family e também foi transmitido no Brasil pela TV Cultura.

21. Os Flintstones

De 1960, os Flintstones são uma família que vivem na idade da pedra.

O desenho rendeu outras séries animadas derivadas do mesmo, alguns filmes, e ganhou dois live-actions entitulados de “Os Flintstones” (1994) e “Os Flintstones em Viva Rock Vegas” (2000).
Com 166 episódios, foi a primeira série animada de comédia a ser exibida no horário nobre da TV estadunidense. Foi o primeiro desenho do mundo a ser exibido a noite, e por conta do sucesso, em 2003, a emissora SBT passou o desenho no horário nobre das 21h30.

22. Os Sete Monstrinhos

De 2000, o desenho mostrava o cotidiano de uma família composta por sete irmãos que tem feições monstruosas e sua mãe.

Algo muito engraçado no desenho é que os nomes dos personagens são números, de acordo com a ordem de nascença: uma, dois, três, quatro, cinco, seis e sete. Eles são enormes e a mãe é super pequenininha.
Com 40 episódios, foi exibida no Brasil pela TV Cultura.

23. Os Substitutos

De 2006, o desenho conta a história de Todd e Riley, dois irmãos órfãos que “ganham” como pais uma mãe espiã e um pai dublê. Eles também recebem um celular onde podem fazer ligações para a Conrad, que substitui tudo, desde objetos, até pessoas.

Com 52 episódios, o desenho era feito e distribuído pelo Disney Channel.

24. Phineas e Ferb

De 2007, Phineas e Ferb são dois irmãos muito inteligentes que querem aproveitar as férias ao máximo. Todo dia eles constroem algo diferente em seu quintal e sua irmã mais velha Candece, sempre tenta dedurá-los para os pais, mas nunca tem sucesso. Eles tem um ornitorrinco de estimação chamado Perry, que também é um agente secreto.

O desenho originou o filme “Phineas e Ferb Através da Segunda Dimensão” e tem como trilha sonora muitas músicas originais que ficaram muito conhecidas.
Com 222 episódios, a série é exibida até hoje pelo Disney Channel e Disney XD.

25. Pingu

De 1986, Pingu é uma animação feita em claymation (stop motion com massinha de modelar) e conta a história de Pingu (um pinguim) e sua família. Eles falam a língua “pinguinês” que é composta por “resmungos” .

Com 157 episódios, a animação foi distribuída no Brasil pela TV Cultura, Cartoon Network, Nick Jr. e Gloobinho.

26. Teletubbies

De 1997, o programa ifantil educativo mostra Tinky-Winky, Dipsy, Laa Laa e Po, os Teletubbies, que vivem num universo um tanto quanto…diferente.

Com 425 episódios, foi distibuído no Brasil pela Rede Globo, TV Cultura e Discovery Kids.

27. Três Espiãs Demais

De 2001, o desenho mostra Sam, Alex e Clover, três amigas que por muitas vezes tem que deixar as tarefas comuns do cotidiano de lado para trabalharem como espiãs e combaterem o crime.

Com 156 episódios, a série foi distribuída no Brasil pelos canais Jetix, Cartoon Network, Rede Globo e Boomerang. Hoje, a primeira temporada do desenho se encontra disponível na Netflix.

28. X-Men Evolution

Só quem almoçava assistindo esse desenho sabe da nostalgia.

De 2000, o desenho recria os personagens super-heróis da Marvel Comics numa versão mais jovens, em maioria, adolescentes.
Com 52 episódios, foi distribuído no Brasil pelo SBT.

29. X-Tudo

De 1992, X-Tudo era um programa que ensinava de tudo: culinária, mágica, história, curiosidades, etc. Tudo de uma forma clara, rápida e divertida.

Com 11 temporadas, o programa foi distribuído pela TV Cultura, e passa até hoje na TV Rá-Tim-Bum!

30. Zoboomafoo

De 1999, Zoboomafoo é um lêmure, amigo dos irmãos Kratt (Chirs e Martin). A cada episódio eles falam sobre algum animal específico trazendo conhecimentos sobre o animal da vez.

A série tem 65 episódios (não encontrei quais emissoras a distribuíram no Brasil e confesso que não me recordo).
                                                                             ❤

Ufa! Que lista enorme, hein? Agora me conta: qual desenho/programa infantil você assistia quando era criança?

O blog é parceiro da Amazon, comprando pelos nossos links você ajuda a manter esse cantinho de pé sem pagar nada a mais por isso 🙂

Confira os outros posts da Blogagem Coletiva: