Chá de casa nova – organização & conselhos para o seu!

Em Novembro de 2023, aconteceu meu chá de casa nova. Eu estava muito ansiosa por esse momento, organizei tudo com carinho (depois de fazer muitas pesquisas), e decidi compartilhar como foi toda a organização para inspirar/informar/ajudar quem precisar planejar um chá de casa nova também.

Painel feito com papel pardo e escrito de canetinha preta: "Nosso chá de casa nova". Tem quatro girassóis em volta, grudados nas bordas do painel

Organizando o chá de casa nova

Para começar a organização, criei uma página no Notion, onde eu colocaria todas as informações importantes. Você pode se organizar usando a plataforma que achar melhor, mas é importante ter tudo em um único lugar, para que as informações não se percam.

Os itens que são importantes para se pensar e definir:

  • Local
  • Data e horário
  • Lista de convidados
  • Lista de presentes
  • Convites e confirmação de convidados
  • Comidas e bebidas
  • Lembrancinhas
  • Decoração
Checklist: organizando chá de casa nova. Imagem de cmapo de girassóis ao fundo.
Itens da checklist: Local, data e horário, lista de convidados, lista de presentes, convites e confirmação de convidados, comidas e bebidas, lembrancinhas, decoração

Definindo o local

Acredito que a primeira coisa a se fazer, é escolher o local onde o chá acontecerá, já que a disponibilidade do local irá servir como base para definir dia, horário e número de convidados.

É importante levar em consideração quanto você quer/pode gastar com aluguel de espaço, e quantas pessoas pretende convidar. Muitas pessoas fazem o chá na própria casa nova, e essa também é uma opção.

No nosso caso, ainda não havíamos nos mudado, então precisaríamos de outro lugar. Eu queria fazer com que a festa fosse o mais econômica possível, então optei por usar a casa da minha tia, que tem um espaço bacana para receber pessoas.

Data e horário

Tendo o local definido, escolhemos a melhor data. Para isso, pensei em um dia que fosse antes da mudança (assim, quando nos mudássemos, já teríamos os presentes em mãos), e escolhi fazer no horário do almoço (das 13h às 17h), já que seria um domingo e as pessoas trabalhariam no dia seguinte.

Para definir data e horário, leve em consideração com quanto tempo de antecedência você está marcando o evento (quanto antes marcar, melhor é para os convidados se programarem), se a data não vai coincidir com outra importante (feriado, por exemplo), e defina o horário com base na disponibilidade do local e pensando em quanto tempo você quer que a festa dure.

Lista de convidados

Antes de fazer a lista, saiba quantas pessoas o local escolhido comporta. Confesso que minha lista tinha muito mais pessoas do que o local comportava, porém, eu sabia que nem todo mundo iria. Isso também é algo importante a se considerar: provavelmente, 20% dos convidados não irão comparecer a sua festa.

Na nossa festa, 70% dos convidados confirmaram presença e compareceram, e esse foi o número ideal de pessoas para que o lugar não ficasse lotado de gente.

Para definir quem iria, escolhemos pessoas próximas da família e amigos muito próximos de nós. Sou contra convidar pessoas apenas para dizer que se tem consideração, acredito que vale mais a pena selecionar as pessoas próximas e que você faz questão que estejam presentes no dia — fica o conselho.

Lista de presentes, convite e confirmação

Fiz muitas pesquisas, e decidimos criar a lista de presentes em um site onde o convidado comprava um presente fictício e nós recebíamos o valor em dinheiro. Há pessoas que não gostam dessa opção e há pessoas que amam. Vou explicar os motivos que nos levaram a essa escolha.

Receber o valor em dinheiro possibilita que você compre coisas que realmente precisa, do jeitinho que já quer e evita os presentes repetidos. Falei para os convidados que receberia o valor em dinheiro (tanto que muitos preferiram fazer um PIX), e gosto que no site a pessoa “compra” o que estiver dentro do orçamento dela, e tem várias opções de pagamento.

O site que usamos foi o iCasei. Procurei informações sobre 6 sites diferentes, e colocando na balança os prós e contras, o iCasei se mostrou ser o melhor dentre todos.

Informações importantes sobre o site:

  • É possível criar um site completo, ou seja, além de fazer a lista de presentes, você pode colocar informações sobre a festa, criar uma lista de confirmação, contar a história do casal (se estiver fazendo chá de casa nova com alguém), e o site fica no ar por 1 ano;
  • A taxa por presente recebido é de 3,89%, porém ela pode diminuir e chegar até 3,79% dependendo da quantidade de presentes/em dinheiro que você receber. Essa taxa pode ser repassada para os convidados, ou seja, no ato da compra eles pagam o valor do presente + a taxa;
  • O valor dos pagamentos feitos via cartão de crédito são liberados em 12 dias.

Criamos nossa lista de presentes e o site, fiz o convite com base em um modelo do Canva, e enviei para os convidados. Pedi que confirmassem presença até, no máximo, 1 semana antes do chá (enviamos o convite com quase 1 mês de antecedência).

Comidas e bebidas

Por ser um domingo a tarde, optamos por churrasco. Pedimos para que cada convidado levasse sua bebida de preferência, compramos as carnes, bebidas sem álcool e fizemos as comidas.

Optamos pelo básico: arroz, vinagrete e farofa, que foram feitos pela minha mãe, tia e avó. Para as carnes, como não é algo barato, pedi para que as pessoas mais próximas da família ajudassem levando 1kg de carne cada, e compramos o que faltava.

O importante de pedir a confirmação dos convidados com antecedência, é que, além de saber quantas pessoas esperar, você pode comprar as comidas e bebidas na quantidade certa.

Gastamos R$485,21 com as compras de alimentos.

LEIA TAMBÉM: Uma história de coquista pessoal: minha casa nova

Lembrancinhas

Por ser um momento especial, fiz questão que o chá de casa nova tivesse lembrancinhas. Optei por docinhos, já que não sou fã de lembrancinhas com fotos e coisas que são para guardar, mas não são úteis.

Encomendei casadinhos (mini bem casados) com a Bô Biscoitos, já embalados e em uma caixinha que combinaria com a decoração.

Para economizar, comprei a quantidade certa de convidados (ou seja, 1 doce para cada um), e para ter controle e certeza de que todos comeriam os docinhos, entregávamos para os convidados conforme eles iam embora da festa.

Os doces de lembrancinha estavam deliciosos, e custaram R$300,00.

Foto dos casadinhos em um móvel pequeno feito de madeira, com pés palito, e duas prateleiras.

Decoração

Salvamos diversas ideias de decoração no Pinterest, e eu decidi ir até o centro comprar itens que juntos, iriam compor a decoração da festa, e alguns poderiam ser usados depois (como as colheres de pau e tábua de madeira).

Comprei buquês de girassóis falsos, colheres de pau, tábua de madeira, caneta permanente, mini lousa, giz e papel contact. Também usamos papel pardo, mas eu já tinha em casa, então não precisei comprar.

Acabei perdendo as anotações de quanto gastei com cada item da decoração, mas no total, custou R$142,90.

Foto do painel de fundo, do chá de casa nova

Para o “painel” de fundo, usamos apenas um papel pardo, caneta permanente e canetinha colorida. O Vinícius (meu namorado) escreveu o texto, com base em um modelo do Pinterest. Grudamos o papel na parede com cola-quente, e usamos a cola para fixar os girassóis também.

Mesa de decoração do chá de casa nova (itens descritos abaixo)

Para a mesa principal, usamos uma mesa de madeira (no estilo mesa de boteco mesmo), forrada com um papel pardo. No centro, coloquei um desenho de nós dois que o Vinícius fez assim que nos conhecemos.

Usei caneta permanente para escrever nossos nomes na tábua de madeira, e escrevi por cima do plástico, para não sujar a tábua e poder usá-la depois. Como era pesada, deixamos ela apoiada em uma garrafa pet cheia de água, porém de forma que a garrafa ficasse “escondida” e não aparecesse nas fotos.

As colheres de pau foram pra dar esse “ar” de casa nova, e coloquei todas dentro de um pote de vidro que tinha em casa.

Fui distribuindo os girassóis na mesa de maneira aleatória, e depois colei todos com cola quente, para que não voassem.

Móvel com os casadinhos (mesma foto que estava no meio da publicação)

Levei esse móvel de madeira do meu quarto para ficar ao lado da mesa. Desenhei essa casinha na lousa, para ficar em cima do móvel, e coloquei os casadinhos na parte debaixo, intercalando um casadinho e um girassol.

Sempre que um convidado ia embora, tirávamos foto com ele na mesa, e entregávamos o casadinho. Conforme os casadinhos da decoração iam “embora”, nós colocávamos mais no móvel.

Decoração compelta do chá de casa nova, com todos os elementos juntos

Além da decoração também comprei pratos, copos e talheres descartáveis para o almoço, que custaram R$89,50.


No total, gastamos R$1.017,61 com a organização do chá, e ganhamos R$2.072,90 em presentes. Fazendo um balanço de ganhos menos gastos, ficamos com R$1.055,29 que foi o que usamos para comprar as coisas mais importantes para a casa, e ajudou muito!

Nossa comemoração foi simples, porém estávamos com pessoas muito queridas, e foi um momento memorável. Compensou fazer algo econômico e receber os presentes em dinheiro foi a melhor opção.

Espero que esse post possa inspirar e ajudar quem for organizar um chá de casa nova também.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 comments on “Chá de casa nova – organização & conselhos para o seu!